Resultados da pesquisa: mugler cologne

Mugler Cologne Run Free Eau de Toilette

UM CALOR INQUIETANTE

Um sopro de liberdade para desafiar o desconhecido…para uma sensação eletrizante.

De início, uma explosão de gengibre púrpura deixa brilhar uma frescura espantosa.
O carácter vibrante e amadeirado da Akigalawood ® confere uma assinatura distinta a esta fragrância, cuja nota secreta D emana ondas eletrizantes de prazer.

Mugler Cologne Love You All Eau de Toilette

O ÊXTASE ABSOLUTO

O desejo de um amor incondicional destila uma sensação de doçura em todo o corpo.

Este eflúvio carnal, extremamente sensual, emana calor e frescura.
A cremosidade aveludada do alcaçuz azul, a sensualidade do âmbar branco e o carácter vibrante e inquietante da nota secreta E fazem dela uma segunda pele com uma voluptuosidade insuperável.

Mugler Cologne Come Together Eau de Toilette

UMA DESCARGA DE PRAZER

O odor de pele com pele… para uma sensação de união carnal.

A Colónia original, culto e base de Mugler, conserva o seu rasto sensual escandalosamente viciante.
A união livre do extrato de laranja amarga e dos almíscares brancos destila a frescura carnal e tenaz das peles entrelaçadas.
No coração da fragrância, a nota secreta S origina sensações excitantes e deixa na sua pele a recordação do calor dos corpos unidos: fresco, sensual, inesquecível.

Mugler Cologne Fly Away Eau de Toilette

UMA NOVA EUFORIA

Sentir cada momento como se estivesse a sonhar de olhos abertos e deixar-se transportar entre o sonho e a realidade.

O brilho mordaz da toranja amarela combina-se com um acorde de cânhamo extremamente aromático.
O rasto é intenso e poderoso.
Galvanizante, a nota secreta C acaricia os sentidos.

Mugler Cologne Take Me Out Eau de Toilette

A HARMONIA ABSOLUTA

Uma sensação de energia fundente que nos transporta para outro mundo.

Uma flor de laranjeira suavemente quebrada ilumina a frescura de uma folha de shiso acabada de colher.
Sobre a pele, o seu rasto deixa uma pulsação cintilante e uma frescura duradoura.
A sua nota secreta P liberta uma energia fundente para eletrizar os sentidos.